Nova Vida

O post que vou colocar agora eu escrevi na escola, e resolvi passar pra cá.

Aula de um professor que até hoje sequer aprendi o nome.
Velhas feridas foram abertas, e velhas dores voltaram a latejar. As pessoas insistem em criticar o meu passado, em expor meus defeitos, em demonstrar a pior imagem que tinham de mim.
Por um lado, agradeço por ter levado minha vida mais reservadamente, em ter tardado minha adolescência e evitado os escândalos que até hoje comentam sem pudor.
Mas por outro, quando falam do passado, de tantas histórias e loucuras, o qual eu estava tão perto, mas não participava, me sinto nas sombras... Coisas que passavam pelos meus olhos, aconteciam nas minhas costas, e eu não via.
Velhas feridas abertas, agora sangram sem cessar, e eu que pensei que estivesse curada... Me criticam ainda, mas o que é certo e errado nesse mundo ? Porque não posso ter a minha personalidade em paz e não ser motivo de chacota?
Insistem em me lembrar de situações qye não fazem sentido relembrar, pequenas coisas que me fizeram sofrer muito e mereciam ser esquecidas.
Essas cicatrizes hão sempre de sangrar?
Já descobri porque me identifiquei tanto com o HMG... Começar de novo, sem marcas do passado, sem uma imagem formada, construir minha própria estrada.
Iniciar do zero, mostrar quem eu sou de verdade, sem aquelas regras inúteis de comportamento, ou sem as velhas humilhações nas costas.
Mas tudo vai ficar bem... A vida sempre recomeça, cheia de suas mil possibilidades. Sei que agora tudo é obrigado a mudar, os tempos de escola terminam agora. Nova vida, novas pessoas, tudo vai ter uma nova chance. Quem sabe eu viva outro sonho, e quem sabe ele dure ainda mais...
Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics