'Nada nos deixa mais
solitários
do que nossos segredos.


'Eu já perdi o medo, eu tô no desespero, já contei todos os meus segredos pra você. Eu tô perdendo o sono, e já faz tanto tempo que eu não ouço a sua voz pedindo pra me ver.


Não deu certo o quanto a gente planejou...♫


‎"Quero que você me queira assim,
com o meu sorriso triste,
com as minhas asas longas ou curtas,
com o exagero de raiva e afeto,
com a gargalhada e o mau humor,
com a minha capacidade de falar,
e as manias de me fechar em silêncio."

Elias José


(Paula Fernandes)
- Já descobri porque você se foi, o tal motivo pra você deixar; Um dia você se apaixonou, mas sei que não aprendeu a amar. Me diz agora: Pra quê conversar? Se foi você quem me abandonou... Me liga aqui, tenta me consolar. E na verdade sei que será melhor a gente não se falar.


'Esse amor é mais ou menos como um vidro quebrado.
Prefiro deixá-lo estilhaçado a me cortar tentando unir os cacos.
Aliás, um vidro quebrado nunca volta a sua forma inicial.
'Sabe o que é ? É que eu te amo tanto, que queria você presente em todos os meus mundos. No real, no virtual, no imaginário, no dos meus sonhos... É que eu quero que você faça parte de mim.


'A nossa liberdade é o que nos prende.






"Oh, won't you walk through,
and bust in the door, and
take me away?"






(POST)


'Fecho os olhos pra não ver passar o tempo...

Dessa vez o meu coração não acelerou. A minha boca não secou, não me senti trêmula e atordoada. Dessa vez foi diferente, foi estranho, foi vazio. Eu olhei pras suas palavras, só olhei, e elas não penetraram sob a minha pele. Não sei se você está deixando de fazer parte dos meus sonhos ou os sonhos simplesmente deixando de existir em minha vida. Não sei se você está menos importante ou eu que estou mais fria.
Você se isolar não me atingiu, você desaparecer não me desesperou.
Você continua igualmente irritante, mas quer saber? Suas gracinhas não me irritam mais. Não como antes, a ponto de me roubar o sono. Você continua adorável, mas nada que fale me engana novamente.

(POST)



"Mas é preciso ter força,
é preciso ter raça,
é preciso ter gana sempre!"

Mal eu penso em sonhar, e então já vem a frustração.

'E se pros outros já não faz sentido, eu continuo tentando, insistindo...


"Ter saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio. A esperança é um dom que eu tenho em mim!"


"Queria que houvesse alguma passagem secreta, algum mundo diferente deste, e que pudessemos ir para lá sem ninguém saber, e esqueçermos de tudo isso que aconteçe por aqui, aonde nossas almas pudessem se mostrar, retirar as máscaras, e os medos ficarem para trás."


(Sara Cristina)

Pra ela.

"Eu sei, tá tudo diferente.
Nada é mesmo igual pra sempre.
O tempo muda a gente o tempo inteiro.
As flores mudam na estação,
Os dias claros do verão que acabou.
Tente imaginar.
(...)O amor não precisa ser igual pra sempre(...)
Eu sei, o mundo é tão estranho.
E pra ser feliz aqui temos que encarar que nos perdemos."
(Detonautas)

"O amor precisa de dois dias de luto, no mínimo. Demoramos tanto para conquistar alguém, não podemos desistir tão facilmente."
(Carpinejar)


Isso é verdade. O foda é só quando você passa a vida inteira de luto. Se recusando a desistir, vivendo de passado e se esquecendo do presente.

Na verdade eu só queria que você não menosprezasse a minha escolha. Que parasse de pensar que eu só tomei essa decisão por idealizar uma vida perfeita, sem problemas. Desse jeito parece que você acha que eu não sei lidar com nenhum tipo de problema e estou desistindo por ser egoísta e querer que tudo seja fácil pra mim. Não é por maldade, eu sei, eu entendo seus motivos para pensar assim. Mas eu só queria mesmo que você entendesse que eu não espero e nem acredito em uma vida perfeita, e que também não acredito que a sua seja e nem estou me espelhando nela. É que existe um limite entre esperança e comodismo. Não é uma boa ideia que eu permaneça acomodada a um sofrimento que não me leva a nada. Luta não é só para conservar algo. Mas existe também uma luta para fugir do que faz mal, e ela envolve qualquer mudança que seja pra melhor. Queria que entendesse que nem tudo está destinado a dar certo, e o que não deu, não é necessariamente por falta de lutar, de acreditar. Que não seria diferente se eu acreditasse mais agora, ou acreditasse menos. Eu não penso que os meus problemas são maiores que os seus, que a sua vida seja melhor que a minha ou vice versa; Pelo amor de Deus, não é isso. Mas de toda maneira cada um é cada um, e não podemos acreditar que a solução para todos os problemas seja a mesma. Cada caso é um caso. Eu acho lindo que você visualize me salvar das lágrimas e das dores, mas queria que entendesse que se esforçar pra que eu fique aqui só vai me trazer mais sofrimento. Pois permanecer lutando por ruínas só me desgasta mais e eu já estou desgastada o suficiente; tanto que não encontro forças nem para abandonar o que me machuca, o que me destrói. E isso sim dói de verdade. Me ver incapaz de buscar a minha felicidade.
Eu não acho que você esteja me invadindo e se metendo em minha história. Você faz parte dela e deveria sim tomar uma posição. Mas eu só queria que você pensasse melhor sobre essa posição e sobre o que se passa em meu coração. Talvez você só entenda tudo o que eu sinto quando me ver feliz. Eu sei que quando você enxergar um sorriso nos meus olhos vai saber do que eu estou falando, pelo que eu estou lutando. E eu não desisti.
Eu te amo. Muito.
E sempre vou te amar, independente se nossas histórias vão ser iguais ou não. Porque eu te amo pelo que você é, e pelo que somos juntas, não pelo que eu ou você vivemos separadamente.
Todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite! ♫


"O mundo vai acabar, e ela só quer dançar, dançar, dançar..."

É incrível como você acredita que eu deva permanecer aqui. Parada. Você enxerga todos os motivos pra ficar, mas nunca parou pra pensar nos motivos e no longo tempo que eu estou tentando me afastar. Você não pára pra pensar no sofrimento que é estar aqui, em como eu me sinto um lixo quando não consigo nadar pra fora desse mar de mágoas, me reerguer. Você não consegue enxergar o meu desespero, o grande problema que é estar presa em algo que me adoece. Não consegue saber o que é isso, afinal, apesar de todas as angústias, você sabe o que é ser feliz. Apesar de tudo você não acompanhou a minha tentativa por todo esse tempo, você insiste em pensar que deveria existir mais uma chance, mais uma luta, mais um sentimento. Mas não quer entender que essa chance existe pra você, pra sua vida. Que essa luta faz parte do seu sentimento, não do meu. Desculpa, mas me magoa quando eu me esforço pra subir e você quer me empurrar pra baixo. Quando é que você vai parar de projetar a sua felicidade na minha vida? Quando é que vai enxergar a minha dor, de verdade? Quando é que você vai entender que as tentativas se esgotaram, mesmo que você não as tenha visto?
Sabe aquele luto? Ele já aconteceu. Sabe aquele tempo? Ele já passou. Sabe a certeza? Ela já chegou. Quando é que você vai entender?
Quando é que você vai me ajudar a fugir do que me maltrata ao invés de querer obrigar a dor a se transformar em felicidade?
Eu desisto de tentar explicar o inferno pra quem só conhece o paraíso.

Sonhos ou Pesadelos? ²

Me sinto incomodada com a continuidade desses pesadelos. Essa fuga incansável de sei lá o quê. Mas hoje, tenho que admitir, isso tomou uma proporção um pouco mais nítida. O medo. O medo de perder pessoas especiais e que penso que hoje realmente lutariam por mim. E desse medo, nasceu o pesadelo de tê-los lutando contra. Nasceu os grandes portões e todas aquelas pessoas, que, por algum motivo, gostariam de fazer algo de ruim pra mim. É estranho que eu pudesse correr, mas sempre ser alcançada, que eu pudesse agredir, mas sempre ser controlada.
O incômodo dessa vez não foi exatamente o cansaço, mas a sensação de impotência. De não diferenciar, de não comover, de não ter nada que eu pudesse fazer. A impotência de olhar nos seus olhos e encontrar frieza. De ser apenas mais uma. Ter o meu desespero ignorado dói.
Essa fuga e essa luta estão começando a me deixar cansada. Ver você ali, do outro lado, me deixou um pouco assustada.
A frase desconexa que me despertou ficou martelando na minha cabeça. "O motivo disso tudo? É que te amar dói".
Até onde os pesadelos são retratos da realidade? Até onde são um sinal?

Histórias que a vida conta VII

"Foi estranho e foi de repente também. Na procura, a loucura. A ânsia pelos olhos nos olhos, pelo abraço apertado, pelo beijo demorado. Ela decidiu e se jogou sem pensar, e foi aquela hora de espera a mais demorada da vida dela. A presença dele foi a mistura de um choque com uma felicidade intensa, e não sabia se deveria pular e beijá-lo ou se aquietar e disfarçar o sentimento. Mas ambos se apertaram num abraço longo, e durante esse tempo pensavam sobre o que fazer, analisavam todos os motivos por estarem ali.
As palavras desencontradas e o coração acelerado, um não podia enxergar o desespero do outro devido a suas próprias turbulências. Ela queria se desculpar, se compensar, ele queria esquecer qualquer mágoa e se perder nos olhos dela. O carinho era tanto que não podia existir insinuação sexual. Apenas vontade de estar perto e mais perto e mais perto. Ele se assustou quando escutou ela falar de amor; duvidou. Se virou e esperou uma atitude, então ela mordiscou suas costas enquanto imaginava o que ele pensava naquele momento; o que ele sentia, o que ele queria. O calor da pele dele acelerou o coração dela. A boca morna dela acelerou o coração dele. Ela teve medo quando ele não esboçou nenhuma reação e se afastou bruscamente, então ele se virou e olhou nos olhos dela. Se olharam assim por uma eternidade de uns três ou quatro minutos. Ela passou a mão pelos cabelos dele, pelo rosto, pela boca e quando não resistiu, avançou em um beijo, se repreendeu por essa iniciativa e lhe deu o beijo no queixo. Aquele calor foi irresistível. A boca dele procurou a dela e trocaram um beijo em um misto de delicadeza e intensidade. Foi louco, foi confuso, foi maravilhoso. Provou pra'queles dois corações jovens já um pouco calejados pela vida, que existem sentimentos que superam a mágoa. Que superam as dificuldades. E acendeu neles um desejo intenso de lutar por alguma coisa que ainda valha a pena.
Ela foi pra casa ainda com a sensação na boca, na pele. Ele aproveitou a correria pra tentar afastar o sentimento.
Mas no fim do dia eu sei que eles permanecem aquecidos pela sensação boa que é ter alguém no coração.
E se lembram intensamente daquela sensação."

Eu não sei até quando isso é uma escolha ou se torna necessidade, e até onde o amor se funde ao desejo. Eu não sei bem onde fica essa linha tênue entre as duas coisas.




Isso tudo é uma loucura. Esse sentimento, essa sensação, essa situação.


Toda brincadeira é mais uma indireta que uma piada. E diz que eu que não sei brincar ¬¬



'Eu realmente tinha razão quando pensei que você não se importa em me perder.
Sinceramente, quem quer, luta, você está vendo eu me afastar e não quer fazer nada pra impedir. Sabe que estou oscilando e nem sequer tentou me dar a direção. Prefere me ver do outro lado do que simplesmente segurar no meu braço e me pedir pra não ir. Quem sabe dessa vez eu vá mesmo adiante? A sua falta de interesse me faz enxergar cada vez mais longe.
Quantos dias esperei, em vão, eu sei;
Por sorte tudo acabou.
Foi melhor assim, entenda.
Por esse amor fiz loucuras sem pensar.
E mesmo só eu reconheço que é difícil um recomeço,
mas temos que tentar.
Mas se o tempo resolver dizer o que devo fazer
que faça me lembrar apenas de você.
E aonde estiver, por onde estiver, nada irá mudar.
E aonde estiver, por onde estiver, sempre irá lembrar de mim.
(Santorine)
'É triste saber que falta alguma coisa e saber que não dá pra comprar, substituir, esquecer, implorar.

(Tati Bernardi)



'Acho que preciso de férias daqui. Ou melhor, o blog precisa de férias de mim. Férias das minhas loucuras e das minhas torturas, e da minha maneira de me contradizer. Férias das palavras melancólicas que nunca se resolvem, nunca param, se repetem e prometem nunca mais aparecer. Mas voltam.
Férias dessa coisa de querer falar pra pessoas que nem sequer passam por aqui. Férias de chorar e escrever ao mesmo tempo, lançando nos textos todo o peso da minha mágoa.
Acho que eu precisava parar, parar de sentir, mas sei que isso não é possível, então eu precisava parar de transmitir. Mas eu sei que não posso, por mais que eu tente, pois preciso desabafar em algum lugar.

"Eu sempre quis entender de onde vinha tanta loucura, tanta emoção. Eu nunca respeitei sua banalidade, nunca entendi como pude ser tão escrava de uma vida que não me dizia nada, não me aquietava em nada, não me preenchia, não me planejava, não me findava. Nós éramos sem começo, sem meio, sem fim, sem solução, sem motivo."


Tati Bernardi
"(...)Seja você mesma. Não mude por pessoas que não mudariam por você. Não mude por pessoas. Esqueça os problemas, por maiores que forem. Lembre-se que a tempestade sempre acaba, e se não acabar o que é que tem? Dance na chuva. Renasça quantas vezes for necessário. Mas lembre-se: seja feliz acima de tudo. É você em primeiro lugar."
(Ana Laura França)


'Nem tudo é como a gente quer, é como tem que ser. Acho que só vou saber mesmo como sou, quando perder pra sempre algo que realmente faz falta.




'Até que ela partiu, ela partiu pra bem longe, pra distante o bastante pra suportar ♫


A mesma sensação. O mesmo gosto estranho de morte na garganta. Qual é o meu problema?
Porque é que eu tenho que me sentir desse jeito?
Todas as coisas parecem novamente bagunçadas, aquela mesma rejeição, aquela história cheia de pontas e segredos e dúvidas, e uma certeza: o ódio. O alvo. Será que eles acham que eu não tenho coração? Dessa vez eu procurei com as minhas próprias mãos... E da outra não?
Me sinto de novo desesperada, maltratada e sozinha. Será mesmo que eu mereço cada minuto dessa dor?
'Ficou mais difícil de dizer que não me quer, quando te peguei olhando pra mim, com cara de desejo... (6''

"Fica me filmando, desse jeito posso te hipnotizar!" (

'Você ignora as minhas ambições, minhas qualidades, meus interesses, meus desejos, meus sonhos, meus gostos, minhas necessidades, e me pergunta porque eu não estou feliz. Como eu poderia ser feliz se me sinto anulada?


É preciso a entrega, o clima, a sensualidade. É preciso o desejo e o sentimento andando juntos, o carinho, a ligação. É preciso tanta coisa além de dois corpos. É preciso o começo, o meio e o fim. É preciso não só os olhos, mas o olhar, não só a boca, mas a arte de beijar. Porque o beijo não são duas bocas se mexendo freneticamente. Existe um sentimento, uma atração, uma espécie de dança, uma conquista. E conquista não é fazer alguém gostar de você, não somente. Se conquista o beijo, se conquista o desejo, se conquista o clima e a vontade. E é preciso uma mistura de tudo isso.
Quando é que eu vou poder sentir isso de novo? :(

"Como eu pude um dia me envolver com alguém assim, tão diferente de mim, tão nem aí pra sonhar?"


'Talvez o ciúme não seja um sentimento, e sim um castigo.



"E do jeito que tiver que ser, será,
Só Deus muda as coisas de lugar.
Nem tudo que se perde tem valor,
Nem tudo que é bonito é amor.
E o que passou, passou, não voltará.
E o que tiver que vir, virá, virá!"
-' Vai, bloqueia no seu msn, apaga da sua agenda, exclui da sua vida. Vai, faz isso. Eu te garanto que um dia vai se arrepender.

 Mas aí, gatinho, vai ser muito tarde pra você.
'Não entendo como eles conseguem ser tão insensíveis. Como não conseguem compreender um sonho, ou, pelo menos, respeitá-lo. Se empenham em criticar, ridicularizar, comparar. Mas não enxergam o outro lado, que tem mais a ver com o sentimento. Pode não parecer muita coisa, mas quer saber? Pra mim é. Pra mim é muito, e muito mais do que ele pensa que é. Eu não ligo se o portão é amarelo ou se parece um lugar descuidado. Eu sei como um lugar tem mais a ver com o carinho que lhe é dado do que quantos metros quadrados tem. Não me faz diferença como era antes. Eu sei o que vai ser de agora em diante. Vai ser o seu lar. E eu entendo a luta, a conquista, o caminho que se percorre pra chegar em um sonho. E só quem sonha pode saber o conforto de estar onde se queria estar.
E quer saber mesmo o que eu acho de lá? Eu acho que é grande o bastante para que eu caiba também. Assim como o seu coração.




Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics