- Nos seus olhos eu posso enxergar um pedacinho do céu.


P R I M A, E U T E A M O !


E gostaria de expressar toda admiração que tenho pela pessoa que você é, e pelo seu talento pra escrever.
Beijominhagataatirada.
Bolo um plano de fuga a prova de dor ♫




Então me ajude a segurar, essa barra que é gostar de você... (♫)



É triste que o destino não seguiu como tantas vezes a gente quis que seguisse.
Você sempre vai continuar aqui, no meu coração; Intocável e única.
Só que agora nossos lugares na vida uma da outra são distintos, e talvez eu deva isolar esse sentimento, deixa-lo aqui, congelado para sempre na mesma intensidade. Ele não cabe mais na sua vida da maneira de antes. E você não está mais aqui, no mesmo lugar de antes. A vida nos distanciou e você sabe disso.
É uma pena que doa tanto e que sua felicidade não dependa mais de mim como a minha de você. Mas eu estou aprendendo a conviver com isso.
E eu preciso isolar todo esse amor para viver em paz, estou cansada de ser doente, de não viver o presente, de buscar o passado em cada pequeno detalhe.
Eu estou aprendendo, estou me reerguendo, e quem sabe um dia, quando eu reencontrar a felicidade, seremos novamente iguais.
Estou matando a esperança, e espero que dessa vez ela não resista.
Não estou matando esse amor, estou aprendendo a viver com ele, sem que ele continue me matando.

É bom redescobrir o ânimo em estar na presença de alguém.
Pessoas nas quais, ao menos por um minuto, você se sente segura, e não precisa passar o tempo todo medindo as suas palavras, não precisa fingir, mentir, tentar ser diferente do que se é.
É bom ter alguém pra rir, se divertir, dar bobeira e passar um tempo juntos, sem malícia, apenas por distração.
É bom conhecer pessoas novas e acreditar de novo na amizade.
E nessas férias, com certeza vou sentir saudade.



Entenda, você vai estar sempre em um espaço enorme no meu coração, só que agora quero manter esse espaço isolado.
Mas sempre vou te amar pequenina.


Eu poderia passar uma noite toda ao seu lado, e talvez ainda assim fosse pouco. Existe algo em você que me enfeitiça, que me faz perder toda a razão. E eu poderia perder a razão por todos os dias da minha vida, e ainda assim me sentiria segura. Com você. 

"Meu riso é tão feliz contigo..."


Ount *-*

Parabéens (:

- O Post de hoje eu dedico especialmente para a minha nega,
 Thaís Weslaine,
 que tá ficando mais velhinha hoje (rsrs)
Queria lembrá-la que apesar do pouco tempo, ela já se tornou muito especial pra mim.
E que nem que ela queira ela vai se livrar de mim, pois vão ser QUATRO ANOS me aturando kkkkkkkk'

Muitas felicidades pra você, menina feia/enjoada que eu vou jogar da escada kkkkkkk


FELIZ ANIVERSÁRIO!

Hoje estou feliz, acordei com o pé direito, eu vou fazer de novo e vou fazer muito bem feito ()

Sem saída

Me magoa profundamente saber que, apesar de eu me agarrar a tantas lembranças boas do passado, não há a probabilidade de existir felicidade entre nós outra vez.
Me dilacera pensar que nada, nada vai ser capaz de fazer tudo ficar bem, nem que fosse por um dia.
Fico aqui, me apegando a velhas lembranças, tentando manter velhas esperanças, mas sei que nada disso importa, pois só vai aumentar meu sofrimento.
Não há uma briga, uma reconciliação, uma noite, uma situação, um sentimento, uma saudade, não há nada que possa amenizar minha dor, pois nada vai fazer a gente voltar a viver em sintonia.
O que sentimos um pelo outro não se chama mais amor. É um sentimento sem nome, algo que nos torna estranhamente próximos, mas ao mesmo tempo tão distantes.
Algo que nos faz repugnar a presença um do outro, mas sentir a necessidade de tê-la, mesmo sem compreender.
Creio que eu não posso apagar todas as memórias dos bons momentos, mas se ao menos eu pudesse parar de buscá-los, talvez eu pudesse seguir em frente.


- Vai, mente que você nunca foi pra internet pra fugir da solidão.




Nem respeito.
Nem sequer desejo.
O que é que sobrou então?


'Você gosta de mim, que gosto dele, que gosta só dele mesmo (e olha lá...).


Seria cômico se não fosse trágico.


Piriguetes.
As suas inimigas sempre são.


[...]Mas amor não vai embora e volta repentinamente.Amor é o tipo de coisa que ou é ou não é.Ou sente ou não sente.Ou vai ou não vai.Mas depois que for, por favor, não volte mais.Porque amor não volta.Amor não se vai.Amor de verdade, se vai, sente vontade de voltar logo e não depois de tanto tempo, de outras relações, de outras aventuras, de outras e mais outras.Amor de verdade não precisa tirar a prova pra ver se é amor.

Thalita Santos.

A Peça

Estou cansada desse teatro inútil,
e de me fingir perfeita pra você.
Estou cansada dessa nossa cena,
de insistir em mostrar um ao outro
que a gente se dá bem.
Porque a gente não se dá.
Porque nossos sorrisos são falsos
e nossos corações não batem em sintonia.
Porque não faz sentido esse silêncio entre nós.
Essa máscara está me machucando,
e eu poderia tirá-la se tudo estivesse realmente bem.
Mas não somos mais agradáveis um ao outro.
Estou cansada dessa peça inútil de fingir o amor.



Smille !

O balanço do ônibus me embala, e na minha memória, cenas de nós dois. A música me faz viajar, e sentir de novo tudo aquilo que senti na sua presença. Sentimentos confusos, problemas amontoados, mas de uma coisa tenho certeza: Você me faz sorrir.
Verdadeiramente.
Você me faz sentir importante. Única.
E eu gosto de me sentir assim.
De uma coisa eu tenho certeza:
Você me faz bem.
Completamente.
E eu precisava me sentir assim.'




"O que tem por trás desse sorriso, que me deixa fissurado em você?
É um misto de desejo e vício, já tentei mas não consigo entender.
Toda vez que eu te encontro, sinto os pés fora do chão...
Toda vez que eu te olho, não consigo dizer não..."




Você é apenas uma pulguinha incômoda no meu ombro. Se me irrita, te jogo no chão, e se estiver no meu caminho, eu piso.


E então você vai entender que um abraço pode doer.
 



Ah, quer saber? Vai pro quinto dos infernos.
Não preciso aturar essa sua marra de criança mimada. Cresce, meu bem.
"E sempre estar lá e ver ele voltar, não era mais o mesmo, mas estava em seu lugar." ♫

Todas as pessoas mudam, e muitas coisas as quais eram importantes hoje, podem não mais sê-las amanhã, ou podem continuar sendo e não existirem mais.
E saber que as pessoas de antes podem nunca mais voltar me deixa atordoada. Estou esgotada de procurar por pessoas nas quais eu possa confiar. Pessoas que não vão mudar.

-

Sinto como se alguma coisa pudesse me corroer por dentro. Um bicho, um ácido, uma dor.
Como se algo, a única coisa que pudesse me fazer completamente feliz, tivesse ido, nunca mais fosse voltar.
Eu não sei se me culpo, se te culpo, se ambos. Mas algo saiu dos trilhos e a memória de toda uma felicidade agora é a minha maior tortura. Eu adoeci. Me sinto apodrecida por dentro e incapaz de me misturar.
Um vazio de morte, um silêncio de funeral. Dentro de mim. E você continua ali, mas não é a mesma. Jamais vai ser. E não deveria ser assim, essa dor, tantas coisas na vida vão e vêm, e felicidade é mesmo uma planta que se renova a cada estação. Mas essa doença me deixou congelada naquela primavera. Outras coisas parecem fluir, e enfim, a vida segue, mas não sou capaz de me deixar levar, de confiar, de ser espontânea outra vez. Deixei que a loucura se apossasse de mim e toda obsessão que um dia me enlouqueceu por amor, agora retorna, só que o amor que pulsa é diferente - um amor denominado amizade - Ou era, antes de virar apenas loucura e saudades de alguém que não mais vai reaparecer.
Eu vivo buscando o que passou e não me entrego ao presente.
E a dor se confunde com a tristeza de ouvir sua voz e não ser a mesma, de buscar o que não vai mais voltar a ser, de sentir saudades e não conseguir encontrar em você aquela que podia saná-la, de tentar amenizar a dor acreditando que tudo ainda está congelado naquele tempo, mas seus olhos frios me devoram como os bichos monstruosos que circulam dentro de mim. A sua voz de felicidade distante me mostra que agora estou só. Como antes. Mas não sei mais viver assim, depois que essa dependência se infiltrou no meu sangue.
Sei que parece egoísmo, talvez seja, mas procure entender, sinto falta de quando você sentia a mesma falta que eu. Porque na sua falta, se apoiava a minha esperança.
Agora, só vazio.

Você já parou pra pensar na garota que está ao seu lado ?
 nos carinhos que ela te dá? Nas confusões que ela te cria? Na carência que ela sente? Você já deu valor para as crises de ciúmes? Para as brigas? Para as reconciliações? Para os beijos e abraços? Você já pensou em elogiá-la, ao invés de criticá-la? Já reparou nas mil qualidades que ela tem, sendo que nela você só enxerga os poucos defeitos? Você já prestou atenção no jeito dela sorrir? Na cara feia de brava? No jeito que ela fala quando quer alguma coisa? Nas indiretas que são sempre diretas? Você já falou que o cabelo dela está bonito? Que ela fica bem com aquela roupa? Que gostou da surpresa que ela te fez? Você já imaginou que aquele garoto apaixonado por ela dava tudo para estar no seu lugar? Já pensou que ele adoraria ser amado por ela e ter a oportunidade de dizer que a ama? Você já pensou que se você não der carinho, atenção, cuidado, ela pode se sentir sozinha? Que uma palavra sua pode deixar o dia dela muito melhor, ou muito pior? Que sua indiferença pode ofendê-la? Que sua ausência pode machuca-la? Você já tentou viver sem ela? Sem os beijos e os carinhos dela? Sem a preocupação dela? Sem as reclamações dela? NÃO? Então tenta... porque só assim você vai parar pra pensar, dar valor nas coisas que sempre estiveram ao seu lado, você tem uma pessoa de muito valor, mas cuide dela, cuide bem dela, porque suas atitudes podem machucar... e eu sei que você não quer perde-la!

(Autor Desconhecido)
 Porque será que você tem que ser tão diferente?
Será que você não me conhece nem ao menos um pouco?
Sabe do que eu gosto, sabe o que eu quero, e não tem uma ponta de romantismo para se esforçar e me agradar. Talvez fosse até mais fácil. Mas você ignora os meus sonhos e toda a importância que o romance tem pra mim.
Por quê?
E porquê eu tive a capacidade de achar que podia não ser igual? :(
Será mesmo que o meu romantismo vale tão pouco? Meu coração se aperta num nó, e o dia dos namorados me dá enjoôs.
Eu queria que fosse diferente.
Queria que fosse mágico.
Queria que valesse um pouco mais.
Queria que eu valesse um pouco mais. Pra você.
 
Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics