"E se amanhã não for nada disso, caberá só a mim esqeceer"

Talvez o coração não tenha noção do risco que corre.
Talvez ele não esteja conseguindo imaginar como seria ficar sozinho. Mas quer seguir em frente, quer arriscar tudo num impulso, quer arriscar se perder num caminho sem volta.
Será que eu consigo viver sem você, sem os seus carinhos, sem as suas ligações ?
Essa dependência sem freio vai acelerando, e se seguir em frente pode apagar as marcas de mim e me espelhar em você. Isso também não é um risco terrível?
Vai, segue o seu caminho e me deixa aqui sozinha, eu escolhi assim. Não olhe para trás, porque eu posso me arrepender. Rearrume sua vida, reencontre sua felicidade, e me deixa me acostumar com minhas escolhas.
Vai, não se preocupe se eu me acabar em lágrimas, não vai ser tão fácil pra mim. Não jogue fora tudo o que vivemos juntos, guarda na memória somente os melhores momentos, pqe as lembranças boas, essas sim podem ser eternas.
Vai, leva contigo esse pedaço do meu coração que será sempre seu. Quem sabe um dia a vida nos mostre o que houve de errado e a gente recomece a nossa história.
Vai depressa, antes que seus olhos me enfeiticem e meus braços colem em você. Leve com você essa sua luz e me deixa na minha escuridão.
Quem sabe a vida ainda tenha lindos planos pra nós.
Quem sabe a gente ainda vai ser muito feliz.
Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics