Ilusão

Eu tento me enganar porque queria que fosse assim.
Mas no fundo eu sei que não é. E desta vez não vou cansar de repetir isso a mim mesma,
e vou repetir que você não me ama mais até acreditar realmente nisso e parar de me iludir.
Não faz mais sentido eu viver de minhas mentiras, não faz sentido me basear em ilusão.
Como eu fui burra em me deixar levar e entregar a minha vida em suas mãos...
Como eu fui inocente em tentar por tanto tempo salvar esse amor...
Que amor ? O meu ? Esse sim precisa de salvação.
E não o nosso, que de nosso já não tem mais nada.
Amar sozinha não dá pé.
Dessa vez eu quero ser forte o suficiente para me vencer. Para me impedir de acreditar de novo em tudo que tem me feito fugir da realidade, para não me deixar enfeitiçar por você. 
Porque, sim, o amor sempre enfeitiça e tira a razão.
E como eu pude ser tão vulnerável e permitir que eu te amasse?
Eu quero ser forte o suficiente para aceitar o fim do seu sentimento.
Deixo me levar agora por essa febre de raiva, sim, febre, pois ela esquenta o meu sangue e me encoraja a tomar atitude. Ela só me traz a tona tudo o que fica escondido no meu subconsciente, e que a paixão me impede de acreditar.
O desgaste levou tudo ao abismo, e eu passei tanto tempo tentando segurar todo aquela grandiosa felicidade apenas com minhas duas pequenas e frágeis mãos, tentando evitar de deixar cair,
mas eu não sou forte o suficiente para isso, tudo escapou e vai caindo, e eu olho para meus dedos sem querer acreditar, ainda entorpecida pelo susto.
Eu não vou mais me enganar, porque não vou mais querer que seja assim.
Porque estou cansada de viver da minha imaginação, da minha vontade,
eu quero poder respirar realidade, mesmo que por enquanto ela seja assim: triste e dolorosa.

Cobranças



De repente passamos a cobrar tanto do parceiro, que esquecemos de ser o que se era, de agradar..
De repente a gente quer tanto carinho, tanto atenção, tanto mimo e tanto cuidado, que esquece de cuidar de quem está com a gente...
Todo mundo tem seus dias ruins, dias em que precisa de um alguém pra lhe ter paciência e cuidado. Porque sermos tão egoístas a ponto de criticar esses dias e não atender as necessidades do outro?
Nos irritamos com a carência alheia e queremos paciência com a nossa, sempre. Isso não soa ridículo?
Se o outro lhe é frio, ou se não te procura, porque não faz uma surpresa e o alegra? Porque não se demonstra presente?
Você precisa as vezes de alguém pra te mostrar o que realmente tá acontecendo... Imerso em seu mundinho, vai seguindo a sua linha de raciocínio, e no fim das contas, não havia mais raciocínio nenhum, só impulso e cobranças... Pare de ser orgulhoso e vença o medo de ser inferior. Surpreenda, ame, corra atrás. A paixão não admite tanto orgulho assim.
Reconquiste, alegre quem anda nas sombras, e a luz dessa pessoa se irradiará em você.


"Toda cobrança é preguiça: procuramos deixar de fazer simplesmente porque o outro não faz."
(Carpinejar. Fabrício)

Para Ela

Eu não sabia ao certo como seria te encontrar.
Não sabia se eu deveria analisar como estava essa amizade depois de algum tempo sem contato, ou se deveria me jogar com tudo antes de mais nada e matar a saudade.
Mas as coisas fluíram naturalmente logo que vi seu rosto sapeca sorrindo pra mim.
E ali estava então, a minha melhor amiga de sempre, aquela mesma que tantas vezes consolou meu choro ou riu a minha gargalhada.
Eu não pensei em mais nada, corri pro abraço e foi tudo tão simples.
Então eu entendi que nada muda o que você é pra mim.
E nada muda o que eu sou pra você.

Você está comigo sempre que preciso, e mesmo quando não preciso, ali está você, sempre pronta para inventar uma nova aventura pra gente viver.
Você faz planos comigo, aqueles mais loucos, e também aqueles racionais, e até os que dão certo (kkk).
Você me acompanha até mesmo na dor, aquela que fez a gente amadurecer muito de 3 anos pra cá.
E a gente faz os livros, as músicas, os recreios, as aulas, a praça (e as pracinhas), as fugas, as manhãs de domingo, as tardes de segunda terça quarta quinta sexta e sábado (rsrs), os filmes, as aventuras, as risadas, os choros, as paixonites, os amores, as danças, as paródias, os conselhos, as descobertas.. ah, a gente faz tudo isso valer muito a pena.
Seria até injusto se eu te dissesse que esse post é seu. Porque todos os meus posts, e toda a minha vida do dia que te conheci até hoje, de certa maneira é toda um pouco sua.
Você me dá a mão, me dá colo, me dá carinho, e também me dá bronca, me dá choque de realidade...
Você me dá segurança quando parece que meu mundinho tá desabando, e me deixa te cuidar quando o seu parece se perder, e eu me sinto honrada de poder cuidar de você, de poder te ajudar...
Poxa, não é a qualquer hora que a gente pode de repente cruzar com alguém assim... A gente combina em tudo, temos os mesmos gostos, as mesmas idéias, as mesmas vontades... Não é a toa que temos milhares de músicas nossas...
E mesmo quando longe, tudo continua acontecendo no mesmo ritmo pra nós duas, porque nossas decisões e sentimentos são praticamente iguais.
Com você eu tenho o melhor riso, as melhores brincadeiras, as mais divertidas histórias, com você eu me sinto bem e fico muito, muito feliz.

1 ano você encontrou o Lucas, e também há 1 ano, eu encontrei o Jeferson. E me lembro de como a gente tinha medo deles não se darem bem (rsrs) ou de isso afastar a gente. Mas o destino nos deu o presente da união de nós 4, e mesmo com alguns problemas, temos o privilégio de continuar com a nossa mesma amizade.

A gente escreveu juntas um LIVRO, e escreveríamos muitos outros se fôssemos contar cada pedacinho das nossas vidas e aventuras.
Você viveu comigo o melhor e mais inesquecível FILME DE TERROR...
Você partilhou comigo aqueles códigos, que a gente continua criando até hoje para nos divertir...
E eu não seria capaz de contar aqui tudo que a gente fez juntas, ou tudo que você é e sempre vai ser pra mim, mas eu queria te dizer que as vezes nem acredito que você é real, que você é minha amiga, e me dá todo o valor que eu dou a você.

Eu não sabia muito bem se deveria mesmo dedicar um post a você, pois ele pode não ter sido muito bem escrito e não passar tão bem a mensagem que eu quero passar. Não tinha certeza sobre escrevê-lo, porque ele nunca seria tão grandioso a ponto de decifrar todo meu amor por você.

Mas como eu sei que você me entende, como sempre entende, e você entende, eu te dedico este post.

Obrigada por tudo, minha pequena, minha fubanga, minha pititica, minha Best'a, minha seborreia, minha melhor, minha anjinha...
Obrigada, Sarinha, por existir.
<3

Escrevo

Eu não escrevo almejando sucesso. Não espero reconhecimento, nem que as pessoas achem meus textos algo útil ou emocionante. É claro que isso seria maravilhoso, mas não, não é o que espero.
Escrever e ler pode ser um mártir para algumas pessoas, mas para mim, é a salvação.
É a fuga, quando o desespero consome, é extravasar quando a alegria transborda.
Eu escrevo porque nas palavras eu encontro os pedaços de mim, e quando as ordeno, vou me colocando em ordem, tentando organizar o que penso e sinto.
Eu escrevo porque eu sinto prazer nisso, porque isso me faz bem e me tira os pés do chão e a cabeça da realidade.
Chega a ser um vício.
No fundo eu não escrevo para ninguém. Eu escrevo para mim mesma, e eu releio meus próprios textos várias vezes, mesmo quando já os sei de cor.
Eu escrevo simplesmente como um alívio, como um lazer, como algo pra me satisfazer ou me esclarecer.
Eu escrevo em blogs, em diários, em agendas, em páginas aleatórias de cadernos escolares.
Eu escrevo sentimentos, histórias, músicas, pensamentos, conselhos pra mim mesma.
Eu faço disso a minha vida.
Eu faço a minha vida nisso.

Quando Você Voltar

Vai, se você precisa ir
Não quero mais brigar esta noite
Nossas acusações infantis
E palavras mordazes que machucam tanto
Não vão levar a nada, como sempre
Vai, clareia um pouco a cabeça
Já que você não quer conversar.
Já brigamos tanto
Mas não vale a pena
Vou ficar aqui, com um bom livro ou com a TV
Sei que existe alguma coisa incomodando você
Meu amor, cuidado na estrada
E quando você voltar
Tranque o portão
Feche as janelas
Apague a luz
e saiba que te amo...



- (Legião Urbana)

Charlie bit me




Confesso que assisti o vídeo várias vezes, me encantei completamente com a fofura dessas crianças.

Reaja

Se você não pode com o inimigo, junte-se a ele.
Seja racional, ao menos uma vez. Pare de tentar competir com a vida alheia.
Aprenda primeiro a valorizar a sua, depois una-se com aquilo que você acha bom, ao invés de invejar.
Sua vida não está ruim, pare de se desfazer de tudo aquilo que é seu. Aprenda a manusear o que lhe apetece, pare de ficar sentado reclamando e aja. Tente fazer algo que realmente dê resultado.
Talvez você faça daquele inimigo um amigo, e descubra que a inimizade veio do simples fato de você estar insatisfeito com você mesmo e passou a descontar nos outros. Talvez assim você seja mais feliz e faça parte de tudo aquilo que invejava.
A confiança atrai as pessoas, se você confiar em si mesmo, ao invés de se comparar, atraíra atenções e pessoas pra lhe querer bem e desejar sua companhia.
Sorria, e ilumine a vida com seu sorriso.

Sua Aparição

A chuva caía fina e delicada, deixando suas gotículas nos meus cabelos...
Me aconcheguei dentro da minha blusa, colocando o capuz sobre a cabeça e desejando sumir dentro dele.
Com passos apressados, seguia de braços cruzados, indiferente ao movimento em minha volta. Só queria chegar em casa, me deitar, me aquecer, e viajar nos meus pensamentos.
A cabeça cansada das aulas tediosas que acabava de assistir.
Nenhuma esperança. Nenhuma expectativa. Somente uma sensação de solidão no peito.
Mas meu coração sentiu, e meus olhos olharam, então eu vi você. Um frio passou pelo meu estômago e meu coração acelerou a pulsação. Era só você, pra quê isso tudo ? Não sei, mas o sorriso saltou involuntariamente no meu rosto, entendi o seu convite, e pulei pra dentro do carro, agora finalmente me lembrando de correr da chuva que engrossava.
O encanto tomou conta de mim, era como se eu não te visse há séculos. Enquanto eu observava a água escorrendo pelos vidros, senti o corpo vibrar quando você me chamou de amor.
Incrível como sua aparição mudou tudo dentro de mim em segundos.
A minha noite estava salva, o meu dia estava salvo, a semana inteira tinha sido salva pela sua mão pegando na minha.
E nem preciso dizer que pareceu salvar a minha vida inteira com um beijo.
Era a emoção de um primeiro beijo com a sintonia da experiência...
Com o barulho da chuva, me deitei no seu colo e suas mãos correram lentas num cafuné, enquanto me perguntava sobre o meu dia, eu flutuava leve...
Você é a minha salvação, o meu alicerce, tudo aquilo que eu mais preciso.
E o carinho que você me dá, só você sabe me dar, só você sabe adivinhar os meus pensamentos e necessidades de maneira absurda.
Era como um primeiro encontro. O encanto, a paixão, os pulos que o coração dava.
Incrível como você me faz tão feliz.

---

'(...)Qualquer morto depende de 24 horas antes de ser enterrado.
 O mesmo é indicado aos relacionamentos. 
Confie na ressurreição, não apresse a cova, poderá ser apenas mais um buraco no jardim.'




(Por Carpinejar)

---

"Calma amor, por favor
É melhor ficar de boa
Calma amor, por favor
Eu não quero outra pessoa
Calma amor, por favor
Mais um pouco me magoa
Um pouquinho de ciúme é bom, mas muito não."



(Exalta Samba)

Histórias que a vida conta ²

Ele não era como um qualquer que se vê por aí.
Ele era diferente, ele era confuso, ele se deixava transparecer mas ao mesmo tempo era misterioso.
Ele era o contrário, contrário da paixão, mas nunca saberemos se o tal do seu amor por ela podia ser verdadeiro ou não.
Sem mimos, sem atenções, mas palavras isoladas e atitudes inesperadas.
Se era amor, era o amor mais incomum de todos.
Porque ele não era como qualquer um que se vê por aí por todos os lados.
Sempre tão seguro, parecia louco ao deixar transparecer um pouco de sentimento e incerteza.
E quando enlouquecia assim, enlouquecia também a cabeça dela.
Ele era inteligente, racional, centrado. Racionalizava os sentimentos.
Ela era louca, carente, impulsiva. Pirava, sentia, mas não queria entender.
O que eles tinham em comum? Talvez as diferenças...
E tão incompatíveis que eram, o destino brincou. Os manteve face a face, impediu a fuga.
Ele não era daquele que fugia do sentimento. Mas também não corria atrás. Simplesmente deixava lá, esperando que ela lapidasse e descobrisse se era intenso.
Ela era daquela que se jogava e arrependia, e depois jurava ser uma pessoa racional e evitar tudo isso.
Mas o destino continuou brincando, foi fechando o cerco, tornando-os cada vez mais dependentes de tentar decifrar o outro.
E nunca saberemos se o tal do amor dela por ele podia ser verdadeiro ou não, porque o destino teve a capacidade de brincar mais, e deixá-los PERTO o suficiente para não poderem estar JUNTOS, um dentro do outro;
E teve a capacidade de faze-los amigos o suficiente para não poderem passar disso.

Eu poderia...

- Eu poderia parar e ficar simplesmente te olhando, mesmo que você não fosse meu, só para encontrar seu olhar e ver seu sorriso...
- Eu poderia cruzar os dedos para que chovesse naqela tarde em que estávamos caminhando, só para te roubar um beijo na chuva...
- Eu poderia desejar que a luz acabasse por horas, só pra que a gente sentasse no meio fio e olhasse as estrelas...
- Eu poderia pedir que o carro estragasse no meio da estrada, para que se prolongasse meu tempo do seu lado, e a gente tivesse histórias pra contar...
- Eu poderia querer que a gente se desentendesse só pra sentir o encanto da reconciliação...
- Eu poderia desligar meu celular e esquecer os compromissos, só pra sentar na grama ao seu lado, pra passar o dia sob o seu abraço, sem me lembrar de mais nada.
- Eu poderia me apaixonar de novo, mesmo depois que tudo parecesse igual e rotineiro...
- Eu poderia seguir com você pelo mundo afora, sem metas nem juízo...
- Eu poderia matar aula simplesmente pra ficar do seu lado...
- Eu poderia pedir a Deus que me fizesse te amar, se o meu caminho tivesse sido diferente.
- Meu coração poderia desejar que esse amor durasse pra sempre, se eu não soubesse que ele vai durar !

Histórias que a vida conta ¹

O celular já não toca mais, mas o olho não sai da tela. Ele espera, espera, espera. E quando percebe que nada vai chegar, nenhuma ligação vai aparecer, continua esperando.
O coração burro insiste em aguardar pelo que sabe que não vem.
É sempre assim: no início, tudo é perfeito, ele quer te conquistar, te cerca de atenções, é o cara ideal. Fica com medo de te perder, te cuida, te mima, não te larga.
Mas a certeza estraga tudo. A certeza de que você é dele, de que você o ama. Então já era. Ele te faz dependente e depois a abandona. Pode ser que ele a ame, mas acha que já não faz diferença demonstrar ou não, ele acha que não precisa mais disso.
E aí você se sente abandonada. Perdida. Esquecida. De primeira, tenta reverter.
Mas você cansa. Então se deixa, chora. E aí depois começa a se reerguer, a enxergar outras coisas, outras pessoas, amizades e enfim, aprende a viver sem ele. E ele demora a se dar conta de que tá te perdendo.
O celular recomeça a tocar, mas o olho não repara, o ouvido não ouve. Você não espera, nem liga.
O coração burro volta a ser só.
Nada mais natural.
Apenas histórias comuns, de início,
meio,
e fim.

---




Existe duas maneiras de um homem
amar uma mulher .
A primeira é quando ele se torna
o melhor amigo dela e depois se
apaixona.
E a outra, que é quando ele se apaixona e
depois ele aprende a
ser o

SEU
MELHOR AMOR...



(Autor Desconhecido)

Renovação


Dessa vez eu realmente acreditei que tudo tinha se perdido.
Eu havia me convencido completamente de que não tinha mais solução, de que você tinha se perdido de mim, eu de você, e tudo se perdido no tempo.
Dessa vez eu acreditei que era definitivo. Eu estava certa de que tudo tinha que mudar seu curso, que você havia se tornado uma outra pessoa, que o encanto havia acabado, e eu nunca mais iria ter meu velho amor de volta.
Mas Deus me deu o presente da renovação... Ele me salvou exatamente no momento em que eu ia desistir. Ele agiu na hora certa e fez tudo renascer.
Ele devolveu o brilho no olhar e a segurança no abraço...
Um novo dia nasceu ensolarado e provou que 'quando a noite está mais escura, é pqe já vai sair o sol'.
E você é meu sol. Você voltou para me iluminar e me dar alegria, assim como o sol aparece depois de um dia nublado...
Você veio com aquele sorriso de sempre, que eu reconheci na hora e fez meu coração saltitar...
Você me deu carinho, e supriu tudo que tinha me feito tanta falta por algum tempo...
Você acabou com tudo aquilo que, por um tempo, tanto me atormentou... Você sanou minhas dúvidas, renovou meu encanto, pintou de luz a minha vida borrada de neblina cinza...
Você me reconquistou... Me provou que seu sentimento por mim não chega nem perto de paixões passageiras de carnaval, e me fez me sentir a pessoa mais amada do mundo.
Você retomou o brilho no seu olhar, aquele que me fazia enxergar seu coração e sua alma.
E, como se algum dia tivesse literalmente me deixado, você voltou pra mim, e eu fiquei tão feliz de ter você de volta. Tudo 'tava muito triste sem o seu amor.
Obrigada, Deus.
Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics