CAMINHÃO DE LIXO




Não foi você que disse não. Esquece. Eu estou podre por dentro mesmo. Relaxa, se a carapuça serviu, não foi você que fez isso acontecer.


Uma palavra que eu detesto?
"SE"
Maldito PRETÉRITO IMPERFEITO.
Eu IRIA se tivesse dado certo. Eu FARIA se não caísse canivetes do céu. Eu SERIA se me sentisse seguro.
Eu te AGRADARIA se você não fosse tão LOUCA e IMPULSIVA.

E se eu fosse embora pra nunca mais voltar? Quem IRIA sentir minha falta?
Quem me AMARIA se eu estivesse bem longe daqui?



Borboletas são tão belas,
o que seria delas se não pudessem voar?(...)
Eu vi que na verdade, a dor um dia pode ter fim.
Achei a liberdade, ela tava dentro de mim!



Emagreci. Adoeci. Ouvi tantas vezes a frase "nossa, como seus olhos estão fundos". Chorei. Odiei. Fracassei. Perdi o sono. Me perdi. Mas e aí? Como saber o que tem me tornado assim tão detestável a mim mesma? Como destacar claramente o que me faz sofrer? Meus olhos continuam fundos, olheiras notáveis e a boca seca. Tudo continua do mesmo jeito. Desordenado. Ao inverso. E eu aqui pensando incessantemente tentando saber o que eu tenho que fazer. Onde preciso mudar, o que preciso abandonar, no que me agarrar. A quem me agarrar. Tô sofrendo, e aí? Onde vou conseguir forças pra me reerguer, deixando pra trás o que me puxa para baixo?




"(...)Quero isso, alguém que me deixe ser pequena, sem nunca esquecer o quanto eu sou grande."


(Marcella Fernanda)


 "(...)E tenho nojo de pensar que quando você tira o controle deles, eles não sabem mais o que fazer com você. “O que eu vou fazer com uma mulher que eu já conquistei?” Que tal continuar conquistando todos os dias, seu idiota? Que tal viver uma história que passe da primeira página? Tenho cada dia mais nojo de como as pessoas se consomem e não se conhecem, não vivem nada(...)"


(Tati Bernardi)



♫                      ♪                   ♫                    ♪                        ♫
'Tudo o que você faz, do jeito que você faz, me deixa pelo avesso, você me satisfaz...
♪                     ♫                     ♪                    ♫                     ♪ 

I hope you blow away!




'E eu sabia que o fogo voltaria. Se fez brasa, mas ele nunca se apaga para sempre, e me faz sentir perto, bem perto de cair'





Poder te olhar e já entender,
sem ser preciso desdizer,
nem dizer toda verdade...
Poder errar e não me esconder,
sem ter que ter nenhum poder,
e poder não ter(...)
E confiar na certeza da cumplicidade!
E essa ligação jamais vai se perder (Y'




'Sempre tão saltitante e arrecadando aplausos dessas pessoas que sorriem mas não me conhecem. Não sabem das lágrimas, do sofrimento, do desespero e da carência. Pessoas que me vêem distante. Um bobo da corte que as distraem mas nunca será bom o suficiente para se misturar.
Uma máscara de largo sorriso e palavras divertidas. Gestos espalhafatosos e olhos foscos. Quanto mais eufórica, mais se encontra uma frustada tentativa de mascarar a mim mesma a minha incapacidade de ser feliz.
Mas continuo pulando e cantando e falando bobagens. E sorrindo. Quem sabe esse sorriso gruda no rosto e se torna parte de mim. Quem sabe se torna sincero.

Eu precisava daquele colo, ainda preciso, e vou precisar pra sempre.
Porque minha cabeça repleta de pensamentos confusos e desesperados não se encaixa perfeitamente em nenhum outro colo. E minhas lágrimas não são acolhidas com tanto carinho em nenhum outro ombro. E minha alma não se acalenta em nenhum outro abraço.
Eu precisava daquelas palavras, ainda preciso e vou precisar pra sempre. Porque nenhuma outra voz soa tão doce quando meu coração está tão amargo. E quando minha boca pronuncia todas aquelas palavras que me assombram, nenhum outro ouvido as escuta com tanta atenção. E quando meus olhos estão foscos, ninguém mais os devolve o brilho.
Eu precisava de você, ainda preciso, e vou precisar pra sempre.
Porque eu te amo. E ninguém mais me completa com tanta perfeição.

Ímpares




'Acho os números ímpares muito solitários. Penso que todos os números deveriam ser pares.
São três. Uma dupla, e o 1 sempre sobra.
São cinco, duas duplas e aquele 1 chorando as mágoas sozinho.
São dois mil e quarenta e sete. E lá está. Um solitário. Ímpar. Ím-par. Sem par.
São trinta e cinco, sempre haverá uma afinidade maior entre dois. E entre outros dois. E mais dois. E o 1 do número ímpar sempre estará sobrando, passando, rejeitado e deslocado.
Ora, porque não podemos simplesmente contar de dois a dois ?
Acho o ímpar tão desnecessário.



-       Porque você escolheu UMA única pessoa no mundo com quem quer ficar e vai enganar justamente ela?






I hate everything about you
Eu odeio tudo em você.
Why do I love you?
Por que eu te amo?


Medo, era medo de errar...
Tarde, muito tarde pra consertar...
Sem você, deixo de ser o que desejo.
Eu não sei reconhecer o que não vejo.
Não vou fabricar alguém pro seu lugar.
Cedo, muito cedo pra provar outras cores, novos planos,
sonhos, dores, desenganos...
Sem você, perco meu prumo, rumo, norte...
Sim, eu sei, devo contar com a minha sorte,
e não procurar alguém pro seu lugar.
Explode em silêncio a frase pronta que você lançou:
"O tempo sempre cura toda e qualquer dor de amor".
Sem você, perco meu ponto de partida.
Sim, eu sei, resta tentar tocar a vida.
Mas não haverá alguém em seu lugar.



(POST)
Por que é que quando eu olhei pra essa maldita tela,
eu senti uma vontade incontrolável de chorar?
Por que é que você continua acelerando meu coração
e me deixando esse aperto feito em nó cego, impossível de desatar?
Fantasma do fracasso dos meus sonhos,
da impossibilidade dos meus desejos...
Aquele potinho de ouro debaixo do arco-íris... Inalcançável.
Porque é que continua assombrando a minha vida?
Porque é que a sua simples lembrança me traz uma tristeza inevitável?
Porque é que não ter você é uma certeza tão irrefutável?
Em uma simples frase, que nem sequer foi para mim, me deixou assim, desmontada, desesperada, pensando no que fazer para conseguir juntar todos os pedacinhos espalhados pelo chão...

(POST)
'Que seja só um sonho. Estou aprendendo a voar, e eu vou chegar !


(POST)

Ônibus

Sinto meu corpo se inclinar levemente para trás, e os postes começam a passar pela janela. Um a um. Espero ansiosamente que as luzes se apaguem e disfarcem as minhas lágrimas.
A música toca dentro dos meus ouvidos, fecho os olhos e me permito sentir.
É nessa penumbra que mergulho em meus pensamentos e as vezes me perco em mim - ou de mim-. Quando a luz da lua passa pela minha janela, ilumina meu rosto, e vejo meus olhos refletidos no vidro. Molhados.
Me recosto com calma em meu banco e um vento frio invade a fresta. Um arrepio. Gosto desse silêncio. Um suspiro fundo, e meus olhos continuam enxarcados.



Eu sei que você sente falta.
Do jeito que seu coração acelerava quando
aquela janelinha piscava. Sei que você deixava ela aberta,
apenas olhando, esperando um “oi” surgir ali,
mas não aguentava, então o seu “oi” surgia.
Que você demorava para ler a resposta, pois estava criando coragem.
E sei que você lembrou de alguém ao ler isso...



(POST)
Jay Vaquer
Ele canta meus sentimentos !

Não sabia o que esperar, e esperei pelo pior (♫




"Perdi o sono, a paz, a culpa...
Meu amor: sua sina! Você enfiou seus pés numa jaca,
Cinderela compulsiva..."

"Há muito tempo eu estava em paz, tava tranqüilo,
Estava indo muito bem até sua aparição.
E foi cilada sem sentido, entrei na contra-mão:
Alguém era dono do seu coração.
E quando dei por mim a vida estava vazia,
E eu pensava todo dia
Em te convencer que esse cara do seu lado não faz o seu tipo,
E eu combino muito mais com você!
Venha comigo curta a sensação,
É
só deixar rolar..."
Amo você,




(Vírgula, porque ponto limita, e meu sentimento não tem limites...)






Não tem remédio mesmo ()


Você está deixando nosso amor se acabar e não quer nos salvar.



- Sabe, um dia eu revolto e jogo tudo pro ar. E vou embora. Pros seus braços.

(POST)
Pai, seu coração sabe que te amo muito e agradeço por tudo que fez por mim. E por todo amor que me dedicou desde o meu primeiro momento de vida.
Por todas as coisas que me ensinou, e por todas as vezes que me defendeu do mundo.
Pelos cafunés e pelos abraços. Por me ninar quando não tinha sono.
Por ter feito e continuar fazendo tudo o que está ao seu alcance para me ver subir na vida.
Pai, eu sinto se eu tenho que crescer, se vou ficar grande demais para seu colo, para pedir um mimo no meio da noite só porque acordei assustada... Mas sei que sempre vou caber no seu abraço. E no seu coração.
E hoje quero te dizer que aquela história de que o pai é sempre um super herói.. Ela é verdade. Sei que já sou crescida para achar que você teria asas e salvaria o mundo, mas eu sei bem o duro que você dá na vida, e sei que as vezes faz o impossível pra me satisfazer, me ver feliz, e sinto que pra qualquer coisa, você vai estar ali, me protegendo. Eu te admiro pela pessoa inteligente que é, pela força de vontade, pela história de vida, e isso te faz meu herói.
Nada, nada nesse mundo é capaz de me distanciar desse amor. Nem o tempo, nem as responsabilidades, nada vai tirar de mim a capacidade de te amar.
Pai, obrigada por existir e por me fazer existir. E por ter me ajudado a crescer.

Eu te amo.

Luan Santana


bravo, você sabe
Eu quero a verdade,
dá um tempo,
chega de brincar comigo.
Nem pensa pra inventar
Ah tá, vou acreditar...
Suas desculpas não fazem sentido.
O seu carro quebrou,
O celular pifou,
O e-mail não chegou,
O trânsito parou,
O dinheiro não deu,
A hora esqueceu,
Furaram seu pneu,
Roubaram o que era seu...
Desculpas
e papo furado.
Você não faz questão
de ficar do meu lado.
Desculpas, enrolação,
Não tá dando a mínima
pro meu coração.
Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics