Lento como o tempo que não quer passar,
dorme pelos cantos e me faz pensar;
Certo como um corte que não quer doer
Olho pro espelho sem me conhecer...
(...)
Alguma coisa errada, como um par são três,
uma vida inteira de primeira vez.
Palavra por palavra que não quer dizer,
arde tanto a ponto de enlouquecer!
Vou fingir que nunca te vi.
Vou viver sem ter pr'onde ir.
Até cansar de respirar você.
(♫

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics