Sinto você encaixar seu queixo na curva das minhas costas. De início incomoda um pouco, mas permaneço imóvel quando vejo que você adormeceu. Ali é seu melhor encaixe e não ouso interromper esse momento. Mesmo dormindo, você passa seus braços ao redor da minha cintura e suspira fundo, se aninhando. Não há nada mais reconfortante do que essa sua manifestação involuntária de afeto.


0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics