Medo

Eu estou apavorada. Conheço esse momento em que tudo começa a ficar em segundo plano e ficar ao seu lado parece ser a única coisa realmente importante. Eu sei que estou ficando perdidamente apaixonada quando o passado começa a ficar embaçado e consigo te olhar o tempo todo sem me cansar.
Tenho medo de ver a situação se inverter, de você se afastar enquanto me vejo cada vez mais dependente e carente de você. Medo de que seu encanto passe, medo de que você se canse de mim, medo da paixão; mas ao mesmo tempo nunca, em outra situação, provei sensação tão deliciosa. Estar apaixonada é provar do lado mais intenso da vida. Estava com saudade desse frio na barriga, da ansiedade infantil que esse sentimento dá.
Você me olha de um jeito único e isso mexe comigo. Você fica porque quer ficar, a gente não precisa se pressionar. E eu amo perder a noção da hora e virar a noite com você.
Que Deus me permita nunca perder a capacidade de me apaixonar, mesmo sabendo que o medo vai sempre me acompanhar. Que eu possa conservar a alegria nas pequenas coisas, nos pequenos gestos, nos embrulhos, nos abraços. E que, mesmo apavorada, eu possa sempre estar inteira para poder me entregar.
 

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics