Você foi a única que me amou. Que me entendeu realmente. Que me colocou no colo com verdade, com vontade de roubar minha dor. Você foi a única que me quis por perto mesmo com todos os meus defeitos, e ainda assim foi feliz. Foi a única que me abraçou com sinceridade enquanto tudo dentro de mim se despedaçava. Porque é que a vida teve que te afastar de mim? Porque é que quando tudo dói eu sinto que o único remédio era ter você por perto? Não importa o quanto tenhamos nos magoado, Pequena, eu te amo do mesmo jeito que te amei há 5 anos atrás. E não consigo suportar essa solidão de não ter com quem dividir a casa, a sala de aula, o riso, as histórias, as dores. Eu sinto falta daquele seu jeito de me entender o tempo todo, mesmo quando tudo parecia ridículo. Falta do seu jeito puro e sem ironia de me aconselhar. Não importa o quanto eu me esforce para tapar esse vazio, ele sempre vai engolir tudo, sempre vai estar intacto. E não importa quantas diferenças nos separem, continua sendo o mais sincero sentimento. Se eu pudesse eu juro que te colocava nas costas e te trazia comigo, eu te roubava mesmo, te colava em mim. Mas eu preciso respeitar o seu livre arbítrio e as suas dificuldades, mesmo que isso me doa mais que todas as outras dores que já provei. Eu sei que preciso respeitar a sua vida. Mas se eu pudesse, ah, se eu pudesse, eu te sequestrava, te enfiava na minha mochila, eu te fazia ficar por perto.

3 COMENTÁRIOS:

  1. Me desculpe se te magoei. Você é muito importante para mim. Me enfia na tua mochila? Me leva deste mundo perverso? Te amo.

    ResponderExcluir
  2. Seu eu pudesse, ah, se eu pudesse... ♥ Te amo.

    ResponderExcluir
  3. Pequena, eu sou inteiramente sua. Sua amiga, se eu pudesse, eu jogaria tudo para o alto para ficar juntinho de você. E saiba que o nome do sentimento que tenho por você é um só AMOR. Amor de verdade, aquele puro, sem maldade, sem dor. Eu lhe amo muito . Muito. E é de coração.

    ResponderExcluir

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics