"O cheiro e o paladar são os sentidos que mais mexem com a mente humana.
O que me lembro de você é bem parecido com as palavras paciência, carinho e doce.
A vontade que vem, vez ou outra, é de sentir novamente esse cheiro, esse sabor, sentir também os pés, um pouco frios ainda, em cima dos meus ombros.(...) De ter uma oportunidade de parar o tempo em nossas vidas e apenas viver aquele momento.
Claro que nem tudo que desejamos podemos fazer ao mesmo instante e de uma só vez. Mas realmente desejei que estivéssemos ali todo o tempo. Que todos estes anos fossem preenchidos por uma parada temporal. E que nossos momentos infinitos fossem completos.
Desejei que o final daquele sonho não terminasse. A cada momento eu descobria mais que queria estar ali. E a dúvida da realidade nunca foi tão cruel comigo.
Mas qual será o motivo de estar escrevendo isso agora?
Meus quase lamentos são pelo que vivemos em um espaço tão curto, com tanta pressa. Como se no mundo existisse algo melhor para se fazer... E são sinceros como sempre. Eu não quero te deixar confusa com tanto blá blá blá, mas é que comigo esse sentido de te ver sentir prazer é uma satisfação pessoal, uma diversão.
Enfim posso dizer que gosto de você, e que, apesar do tempo, ainda te desejo muito."


Escrito por J.M. , dono das mais lindas homenagens que já recebi.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics