Eu tento não pensar no passado, porque dói saber que a gente nunca foi feliz.
Eu tento pensar no começo, nos motivos pelos quais eu me apaixonei por você, mas meu coração aperta, e é tudo tão distante que você já nem parece mais a mesma pessoa.
Tudo o que eu sinto agora é esse amor tão infundado dentro de mim, e todas as mágoas - de cada olhar frio, de cada beijo vazio, de cada falta de cuidado e de tanta carência de você -
Dói sim, cada vez que vejo a frieza nos seus olhos; Mas também dói cada vez que eu penso em te deixar e enxergo que não existe mais futuro pra nós. Dói, principalmente, cada vez que lembro que sem você vai doer mais ainda...
Dói quando você se afasta, quando você me evita, me nega e me critica, mas dói mais ainda pensar em te ver dando a outra tudo que nega diariamente a mim. Dói imaginar não ter mais o direito de me aproximar, de tentar, de lutar. Imaginar que quando a saudade doer, eu não vou poder mais contar pra você.
E é por isso que eu ainda te mantenho aqui, mesmo sabendo que não está por inteiro, mesmo sabendo que vou me machucar mais e mais, mesmo sabendo que você não me ama. Eu ainda sinto a necessidade de estar do seu lado, mesmo que isso não me faça feliz, é como se apenas estar por perto fosse melhor que enfrentar o mundo lá fora sozinha. Mágoa por mágoa, eu vou me magoando do seu lado.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics