Seu cheiro permaneceu nos meus braços e na minha roupa a noite toda. Seu gosto permaneceu na minha boca. E mesmo depois do banho, eu fechava os olhos e podia te sentir. Hoje quando acordei, respirei fundo e pensei ansiosa na próxima vez que iria te ver. Não conseguia raciocinar bem, e tentava me lembrar onde você estava. Aí caiu a ficha. Me lembrei que você foi embora, de vez. E aí me deu um vazio dolorido e me senti meio zonza. Tentei sentir seu cheiro, mas ele tinha acabado. Ainda não quero acreditar que você se foi.

4 COMENTÁRIOS:

  1. Lindo....como se tivesse escrito pra mim.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Vilma. De onde você é? Por onde encontrou meu blog? Fico muito honrada pela sua visita e seus comentários por aqui *-*

    ResponderExcluir
  3. Oi sou de Uberlândia MG te achei procurando imagens no google...e abaixo de uma seu bloog...entrei e começei a ler....me apaixonei...me identifico muito com o q vc escreve....vc tem um dom maravilhoso ta de parabéns bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, obrigada novamente... Fico muito feliz que goste. Volte sempre ;**

      Excluir

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics