"Já escrevi sobre tanta coisa, tantas vezes. Ja me declarei mais de uma vez pra mais de uma pessoa. Já tentei tocar o coração de alguém só escrevendo. Mas, porque eu faço isso?
Pessoas como eu são sozinhas por uma razão: Ninguém nunca vai nos entender mais do que as palavras que escrevemos(...)Digo que vou embora mas estou sempre por perto vendo o mundo pelas lentes da minha camera magica. Nós vivemos e nós morremos. Dados à fé e ao medo. Quando o meu tempo acabar, para onde eu vou a partir daqui? São as coisas que penso quando questiono o que melhor posso fazer pela minha vida. Não de imediato. Porém às vezes a gente precisa fugir de nós mesmos para nos encontrarmos.
Em outros tempos. Em outras vidas."



0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics