Vou ser sincera: Nunca desejei tanto que você realmente sumisse. Durante todo esse tempo eu quem desejei sumir, para que, de repente, você reparasse, sentisse minha falta. Agora, de uma maneira surpreendente, não me importo mais com o que você pensa, desde que eu não precise mais lidar com a sua arrogância. Nunca antes eu me quis tão livre de você.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics