Obrigada, Deus, pela paz de poder sorrir novamente.
Obrigada por me devolver a capacidade de lidar com problemas cotidianos.
Obrigada por tirar de mim o desespero.
Eu não me entorpeci, eu sinto, me magoo, me enraiveço, choro. Mas obrigada por me fazer sentir viva com esses sentimentos.
Obrigada por devolver a cor pros meus dias, e o prazer de ver o por do sol. 
Não sei quanto isso vai durar até a próxima recaída, mas só eu sei o valor de um dia bom.
Obrigada, Deus.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics