Eu sou da alma leve, do riso frouxo, do coração mole, das lágrimas fáceis. Sou menina e sou mulher. Eu tenho a idade mental que a ocasião me permitir. Eu nem sempre sei o que a vida espera de mim, mas eu sei o que espero de mim mesma quando me olho no espelho, e é nessa direção que procuro sempre seguir.
Se eu me apaixono, é por cada pedacinho seu, se eu me entrego, é por inteira, sem meias palavras ou meios abraços.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics