E tocou aquela canção... Aquela que não fala de amor, mas que tantas vezes nos fez rir juntos. Aquela que você me ensinou a gostar e que marcou tanto a nossa história. E eu tive tanta saudade... Saudade das suas ligações de madrugada e do seu riso debochado, e de como você sempre me deixava boba. Quando ouvi aquela canção eu me lembrei das brigas e das reconciliações, dos seus sumiços repentinos, das suas mensagens inesperadas, das vezes em que sonhei com você. Me lembrei das noites que viramos em claro contando bobagens e fazendo promessas. Me lembrei de tudo como um filme e tive tanta vontade de ouvir sua voz... Nem sei se ainda consigo lembrar como ela é. Me peguei pensando com que frequência você se lembra de mim. Se é que se lembra. Me peguei tentando montar cada detalhe pra saber em que momento tudo se perdeu. Eu prometi tanto pra mim mesma que mataria qualquer esperança que pudesse restar, que nunca mais sonharia com esse encontro, mas as vezes ainda me pego fazendo planos. E ainda tento remontar as peças pra tentar fazer tudo se encaixar dessa vez. A canção acabou, e a saudade continuou pulsando aqui dentro. 

Miss u, Indinho. E hoje tive vontade de contar isso pra você :/

(POST)

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics