Foi difícil me ver quebrando todas as promessas e te pedindo pra ficar; Eu sabia que não devia e mesmo assim vi se repetir a cena. A mesma que me destruiu por todos esses anos. Eu não sabia porquê, mas queria que você permanecesse; Um desejo tão infundado, vazio de amor, vazio de paixão, mas eu não queria te deixar ir. Queria ver você me querer; mas atenção, carinho, vontade, desejo, amor, nada disso se implora. Já estou cansada de saber e ainda assim te pedi pra permanecer. Eu simplesmente não quero mais essa sensação, estou cansada de assistir esse mesmo filme.
É difícil não saber o que sinto e ainda assim me sentir tão dependente. Me humilhar tanto em nome de nada, em nome de uma carência doentia que ainda nem descobri o nome. Eu poderia ser melhor que isso!
Se eu tivesse certeza, eu lutaria. Se eu te amasse, talvez valeria. Mas não, não preciso das suas mentiras diárias e das suas desculpas esfarrapadas. Não preciso das suas acusações nem de ouvir você descrever o tempo todo como eu não valho nada. Eu sei que não preciso do seu carinho forçado e das suas canções infalíveis. Não preciso da sua presença limitada, nem ouvir você dizer que gosta de mim e me deixar sozinha nas noites de sexta feira. Não preciso dos seus braços me empurrando pra longe e da sua boca me rejeitando. Não preciso dos seus elogios falsos e das suas migalhas. Eu não preciso disso que você tem pra me oferecer. 
Não tenho certeza de nada, mas sinto que é a hora de deixar mais essa história pra trás. Preciso parar de querer voltar no tempo, e aprender a deixar pra trás tudo o que foi lindo e aceitar que os momentos que não se repetem mais. Tive coisas boas pra lembrar, mas o tempo venceu. E eu soube disso no momento em que seu olhar me doeu. 
Eu acredito na minha força, eu ainda acredito que sou capaz. Eu não vou viver duas vezes a mesma história. Eu quero algo novo, quero algo forte. Quero algo que me faça mudar e alguém que me faça vibrar. Alguém que fique por que quer ficar. E que me desperte uma sensação que eu queira cativar.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não se pode confiar nos olhos quando a imaginação está fora de foco.

Cinderela Compulsiva Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados

  

Web Statistics